Óculos de grau infantil: como ajudar seu filho no processo de adaptação

como-fazer-meu-filho-usar-oculos

Olhos coçando, aproximação excessiva do rosto no material escolar, olhos apertados para enxergar o quadro da sala e dores de cabeça, falta de cconcentração: esses são alguns dos sintomas que indicam a necessidade do uso de óculos de grau. A visão do seu filho pode não estar tão boa quanto se pensa, refletindo nas notas e na atenção.

Nessas horas, ao perceber os sinais, o essencial é levar ao oftalmologista para o correto diagnóstico e fazer um check-up ocular. E se o resultado for positivo para o uso dos óculos pela criança, como fazer com que elas se adaptem com seu novo óculos? Para evitar incômodos e reclamações, conheça algumas dicas para tornar esse processo mais tranquilo e ajudar ao seu filho. E se precisar de comprar um óculos, não se preocupe, conheça a melhor Ótica online do Brasil, clicando aqui

Seja cuidadoso na abordagem do uso do óculos

Ter calma e paciência são as primeiras atitudes positivas a serem tomadas, pois não é tão fácil se adaptar. Crianças quase sempre são afeitas a rotinas, o uso contínuo do óculos é uma novidade que aos poucos tem que ser acostumada, principalmente quando requer o uso contínuo.

Portanto, será normal que as crianças fiquem um pouco queixosas, sobretudo, as vezes pode acontecer dores de cabeça e enjoos. Não é nada demais, isso significa que os olhos estão se adaptando as lentes corretivas do óculos de grau. Com tranquilidade, os pais devem continuar incentivando para evitar com que elas o deixem de lado, pare de usar, o que vai agravar os problemas de visão.

Apresente para ele fotos de outras crianças usando óculos

Uma boa dica de incentivo é mostrar para seu filho fotos de outras crianças também usando óculos. A ideia é ajudar a desfazer a estranheza ou a imagem que ele fará sobre si mesmo. Os pais devem indicar que os usar pode ser algo legal. As imagens ajudam a construir esse cenário.

O melhor é utilizar as próprias redes sociais e descobrir perfis que abordem o assunto, ou então através do uso de hashtags. Se a internet não for uma opção, ter essa mesma iniciativa entre os amigos e familiares também ajuda. Portanto, peça para que eles enviem fotos ou então se encontrem presencialmente. Tudo isso deixa o pequeno mais confortável.

Faça com que a criança ajude a escolher o modelo

Criança gosta de correr e brincar, sempre está pulando daqui ou de lá. A escolha do modelo do óculos faz toda a diferença na adaptação, pois ele não pode ser um incomodo que atrapalhe a realização de suas atividades. Que tal o seu filho te ajudar a escolher? Cores, formas, tamanho, acessórios de segurança… Deixe-o fazer parte desse processo.

Afinal, será a criança a usuária do óculos, ela precisa se sentir confortável e feliz. A preferência, normalmente é por modelos que sejam chamativos, que tenham desenhos ou que sejam bem coloridos. E essa aproximação ajuda a fazer o hábito de uso muito mais legal.

comprar-armacao-flexivel-internet

Trate o óculos como uma grande novidade

Você que é pai, com certeza sabe o quanto as crianças são receptivas a novidades. Tudo o que é diferente e novo chama a atenção e desperta o interesse em querer ter e usar. Isso pode trazer dores de cabeça algumas vezes, mas sem dúvidas quanto ao óculos é sempre um sucesso.

A dica é valorizar essa novidade, fazer do momento algo divertido e legal, porque quanto mais divertido for, maior será o interesse. No entanto, também não perca a oportunidade de conversar com o pequeno e explicar o que é o óculos, para que serve e o porquê de precisar usar. A informação é uma aliada.

Use palavras positivas para incentivá-las a usar

Ainda nessa linha da boa recepção e a importância de conversar e informar, as palavras também ajuda no processo de adaptação. Quando a criança estiver de óculos faça com que ela se sinta bem através de elogios, palavras positivas. Diga frases como “Você está bonito!”, “Olha que óculos legal!” e brinque dizendo que está enxergando tudo, que parece um super-herói, dentre outras frases.

Não diga palavras negativas perto das crianças, como “Ele não vai usar”, porque elas podem se sentir desmotivadas e interferir no interesse. Usar de estratégia nessas horas é algo bom e que produz sucesso. Crie um ambiente em que todos estão engajados em ajudar o pequeno na adaptação.

Por fim, não deixe se levar pelas carinhas tristes e reclamações que seu filho pode demonstrar por ter que usar o óculos. Aos poucos, ele se sentirá mais confortável com o uso contínuo do objeto através do incentivo e da participação ativa dele em todo o processo. Não há dúvidas que o resultado será positivo e a adaptação um sucesso. Pronto para voltar a uma vida ativa e feliz.

Aproveite as vantagens da Ótica Isabela Dias. Compre online, tendo o conforto e a qualidade garantida, além da confiança na entrega em todo o Brasil. Acesse o site agora mesmo e escolha o seu modelo!

Óculos de grau infantil: como ajudar seu filho no processo de adaptação
3 (60%) 2 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *