Miopia: Oque é ? Tem cura? Conheça mais sobre este disfunção que atinge milhões de pessoas

Um estudo recente divulgado pela Academia Americana de Oftalmologia afirma que até 2050, cerca de 5 bilhões de pessoas (quase metade da população futura) sofrerá de miopia, milhões dessas já em estágio avançado da disfunção. Os cientistas responsáveis pelos estudos analisaram pesquisas feitas com mais de 2,1 de participantes.

É uma perspectiva muito preocupante para um futuro não muito distante, e isso se deve a muitos fatores, entre eles o fator determinante do estilo de vida que acomete a maior parte da população de qualquer país nos dias de hoje. As pessoas tendem a trabalhar na frente de leptops, utilizam celular muitas horas por dia, realizam leituras em tablets e se expõe cada vez menos à luz natural. Fatores ambientais também estão ligados a essa triste realidade esperada para daqui alguns anos.

O que é a miopia?

A miopia não é considerada uma doença, mas uma disfunção ocular que compromete a visão de longe em consequência de um erro retrativo. A luz é focada antes da retina, e isso provoca uma visão turva a distância, desfocada. Esse problema é muito comum em todo o mundo e também está ligado a fatores genéticos.

A retina é responsável por absorver a luz. Após, essa mesma luz é transformada em uma espécie de eletricidade que vai até o cérebro, lendo como imagens, ou seja, é nele que a visão acontece. No caso de uma pessoa com miopia, o globo ocular não faz essa leitura de forma correta. Isso acontece porque o globo ocular dos míopes é mais alongado do que o comum ou tem a córnea um tanto mais arredondada.

Apesar do fator genético ser determinante, a incidência genética é considerada até pequena em comparação a outros fatores que podem desencadear o problema. Isso significa que qualquer pessoa pode ter miopia, assim como também se pode afirmar que não é por uma pessoa ser míope que terá filhos míopes.

Sintomas

Geralmente a miopia se manifesta geralmente na infância, a partir dos 6 anos de idade, podendo ocorrer um pouco antes ou depois. O problema tende a ir evoluindo nos próximos anos até estabilizar na adolescência ou início da vida adulta. É por isso que uma criança com miopia precisa mandar refazer os óculos a cada ano, ou até mesmo em menos tempo devido a evolução de grau.

O primeiro sintoma é a dificuldade de enxergar objetos que estejam distantes dos olhos. Conforme o grau se avança, até mesmo a vista de perto começa a desfocar. Isso gera muito desconforto e cansaço.

Conforme o estágio evolui, aparecem outros sintomas como dor de cabeça, tensão muscular e frequência em pestanejar. O grau de miopia até pode diminuir, mas é muito raro e a diminuição sempre pequena.

Tratamento

O tratamento para a miopia é feito através do uso de lentes de contato ou óculos de grau. Não se trata de uma cura, o problema em si não é corrigido, mas os seus sintomas sim e o paciente passa a ter uma visão comum.

As lentes podem ser diferentes, com grau maior em um olho do que em outro para proporcionar aos olhos míopes uma visão de foco proporcional.

A cirurgia refrativa também pode ser uma opção para a miopia. O paciente deve realizar exames oculares no oftalmologista para saber se é o caso mais indicado.

Para saber mais sobre a miopia, além de outras disfunções e doenças dos olhos, não deixe de seguir no instagram

Miopia: Oque é ? Tem cura? Conheça mais sobre este disfunção que atinge milhões de pessoas
5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *